manhã sem manha

Manhã
 sem beijos estalados
sem abraços apertados
sem pedidos inesperados
sem a certeza do dia.

Manhã
abandonada
invernada
acinzentada
sem melodia.

Manhã
sem manha
sem assanha
Estranha! vazio nas entranhas
sem cor.

Manhã
sem beijinhos molhados
com gosto de hortelã
sem abraços apertados
grudadinhos como os de uma rã.

Manhã
chata
sem graça
apagada
ressacada
perdida na dor.

Que chato acordar sozinho
sem um carinho
de um amor apressadinho
- Temos que trabalhar!


Paulo Francisco





DOIS by Evandro Marinho on Grooveshark

Nenhum comentário: