Momento















olho no olho
tetê- à- tetê
mão na mão
 corpo a corpo
- de quando em quando juntamo-nos
pra nos separarmos depois.

Paulo Francisco

2 comentários:

lis disse...

Alguém vaticinou:
'um jarro de água não me satisfaz,
desejamos o rio.'
abraço da lis

Crista disse...

É por isto que é tão gostoso...
Sempre existe o reencontro!