Fita


















Quero mais que poemas
quero o laço entre as palavras
ditas
escritas
Quero mais que tudo a fita
pra fazer o laço da poesia
E no nó o nome
e nas pontas as cores
- mescladas em desejos provocados -
rajadas em pensamentos aspirados pela retina
Quero mais que poemas
- quero a plenitude da vida
em cores e nomes

Paulo Francisco

Um comentário:

Ivone disse...

Que lindo, também quero isso, amigo poeta inspirado!
A poesia está em tudo, tens essa percepção, tens um lindo dom, "...plenitude da vida em cores e nomes"
Amei ler, abraços e tenhas um lindo domingo!