Tão distante







Lá longe, muito longe, bem longe
ouve-se o cantar dos vivos
cântico versado naturalmente
cântico harmonioso certamente

Lá longe, muito longe, bem longe
há pássaros e outros bichos
um vento sereno e um calmo rio

Lá longe, muito longe, bem longe
as folhas dançam nos galhos verdes
em que se escondem outras espécies.


Lá longe


                 muito longe

                                     bem longe




                                                           há vida



                                                                                 há luz.



Há a verde esperança
de asas grandes,
em forma de leque,
espanando devagarinho,
toda a tristeza que há por aqui.



Paulo Francisco

Nenhum comentário: