Insone II



Nesta noite de 2 de janeiro de 2015, deitado em minha cama, pensei que podia fechar os olhos e, de imediato, sonhar com você. Até tentei. Por horas fiquei desenhando seu rosto, sua boca carnuda, seus olhos de mulher sacana, suas mãos pequenas e brincalhonas, suas coxas roliças e quentes.
Nesta noite de 2 de janeiro de 2015, descobri (agora) que não dá pra sonhar e desenhar ao mesmo tempo.

Nesta madrugada de 3 de janeiro de 2015, percebi (tardiamente) que passei a noite acordado inutilmente. Pois só consigo dormir relaxado. 


Paulo Francisco

4 comentários:

Nelma Ladeira disse...

Aí você me fez rir.
Suas palavras, seu jeito de expressar!
Acho que seria bem mais fácil falar com ela. Em vez de ficar perdendo noites de sono em vão! Então você vai poder dormir relaxado pra sempre...
Beijinhos.

Paula Barros disse...

Ah, estas insônias....
beijo

Rô... disse...

oi Paulo,

será que não tem um jeito mais fácil de relaxar?
que tal procurar essa mulher maravilhosa,
o encontro será inesquecível...

beijinhos

sandra mayworm disse...

Oi Paulo,
Gostei desse desabafo, tornar isso realidade pode ser bom ou bom demais, quem sabe?
Muito bom !
Sandra May