Apaixonado







Sabe, não sei o que acontece
mas quando ela fica triste
entristeço-me também
Não sei o que acontece comigo. Fico aqui olhando o tempo
vendo nuvens branquinhas que passam ligeiras num céu de fundo azul
- um céu de outono com raios que douram minha pele

Sim, fico aqui como um bobo pensando em céu e estrelas
esperando ser carregado pelo vento frio
como acontece com as folhas rubras das amendoeiras

Sabe, eu não sei o que acontece comigo
fico paradinho como passarinho olhando pra chuva,
mirando a estrada -  desejando viajar

Sabe, eu não sei mesmo o que está acontecendo
às vezes sinto uma dorzinha bem aqui, no meio do peito.
 Não, não é dor de doer!
É dor de provocar respiração profunda
puxo todo ar que posso
só pra ver se vem junto com ele o cheiro dela.

Eu sei que não é possível!
Mas deixe-me pensar que posso sugar o mundo
engolir estrelas
e lamber a lua

Não ria, você nunca sentiu o que estou sentindo?
Não!?  Ah! Mas é tão bom
da´um friozinho na barriga
uns arrepios repentinos
da pontinha do pé até aqui
na nuca

Ah! Você tem que achar alguém que possa ter fazer feliz
você vai ver como é fácil voar até outros planetas

Sabe, eu não sei o que está acontecendo comigo
Ontem mesmo dei bom dia pra vida
sorri para o gato
beijei uma margarida
e quando percebi estava aqui confessando a você tudo isto

Paulo Francisco

6 comentários:

Paula Barros disse...

Charlie Brown e Snoopy, me lembraram minha adolescência.
E as minhas paixões.
Bons tempos da paixões e inquietantes também, seu poema me fez lembrar.
beijos

Ivone disse...

Que lindo, amo isso, estar apaixonado é tudo de bom, perdemos a razão, nem queremos mais nada senão ouvir a voz que vem do coração!
Bem elaborado o texto, com Charlie Brown e Snoopy ilustrando, maravilha, lembranças boas!
Amei ler e ver, abraços apertados!

lis disse...

Confesso que estou como esse cara _ nao sei o que esta acontecendo. rs
Gosto dos desenhos e muito mais ainda do poema.
abraço paulo

MARILENE disse...

Que sentir delicioso! Só amor nos possibilita voos tão especiais! Bjs.

Vera Lúcia disse...


Que lindo, Paulo!
Estar apaixonado é uma sensação inexplicavelmente deliciosa e você conseguiu versá-la com grande encantamento. Até me lembrei dos tempos em me senti assim, quase sorrindo para um gato-rsrsrs.

Adorei as ilustrações.

Grande abraço.

sandra mayworm disse...

Ai, que romântico e lindo...é assim mesmo se apaixonar.
Abraço e ótima semana.