Flagrante











Presença que grita na secreta fresta
o pouco que nos resta antes do amanhecer
antes que a  luz do sol expulse a lua
e escancare o dia em nossas peles nuas.

Paulo Francisco

4 comentários:

Anne Lieri disse...

Ás vezes nem queremos que amanheça! Muito linda sua poesia,Paulo! Abraços e boa semana,

Gracita disse...

Boa noite amigo Paulo
Quando a noite é bela queremos retardar o amanhecer só para não perder aquele encanto.Belíssimo!
Beijos e uma noite com lindos sonhos

Ivone disse...

Que linda poesia, amei ler meu amigo sempre inspirado!
Abraços apertados!

lis disse...

Aquela hora suprema,quando nasce o dia.Mais um.
E até o anoitecer aproveitemos a luz.