Esperança




Escrevo na tentativa de chegar além das montanhas
Que minhas palavras criem asas longas
e drapejem
e acariciem
e desnudem
e pintem novos sentidos
Escrevo na tentativa das palavras se transformarem
no meu grito
na jura
na cura de algo partido
Escrevo na tentativa de um dia ser ouvido.


Paulo Francisco

3 comentários:

Rô... disse...

oi Paulo,

e pode ter certeza que sua escrita ecoa em muitos espaços...
e perpetua seus pensamentos e sentimentos!!!

beijinhos

Ivone disse...

Que lindo, adoro ler aqui, és ouvido, ou melhor, lido por mim e por muitos que te querem bem, sei que tens muitos amigos!
Abraços bem apertados!

lua singular disse...

Eu ouvi,
É por isso que estou aqui me encantando com seus escritos
Beijos