A perereca




















A perereca
Pula-pula toda feliz
Grudada ninguém diz
Que é de verdade aquela sapeca
Que agora tira uma soneca
Ao lado de outra perereca

 Paulo Francisco

4 comentários:

Gracita disse...

Uma perereca sapeca e muito feliz
Quem diria que eu iria gostar de ler um texto poético sobre esse bichinho asqueroso rsrs
Um domingo feliz Paulo
Beijos perfumados no coração

Débora Teixeira. disse...

Perereca sapeca! Nossa! Elas são asquerosas...
Gostei...Mais da próxima vez,pode mudar a prosa rs.
Estou brincando.
Beijos.

Ivone disse...

Ah, que linda perereca sapeca, amei ver e ler amigo Paulo Francisco, continue nos presenteando com esses leves, lindos e divertidos poemas!
Abraços apertados!

MARILENE disse...

Ai, Paulo, como é feia!!!!!! Não gostaria de ver uma pulando perto de mim. Bjs.