Lenitivo




Quem dera tê-la agora.  Quem dera sabê-la nesse instante. Quem dera existisse algo que acabasse com essa queimação na alma. Que acabasse com essa dor da dúvida. Acabasse com a falta que sinto. Que acabasse com essa frase maldita e invejosa: Quem dera!

 Ah, quem dera!

Paulo Francisco

3 comentários:

Ivone disse...

Ah, quem dera tivesse mesmo algo que acalmasse de verdade a alma torturada pela dúvida e a ansiedade!
Abraços meu amigo poeta sensível!

Rô... disse...

oi Paulo,

não espere não,
faça acontecer...
vamos correr em busca do que nos faz feliz...

beijinhos

lis disse...

Se nao houvesse os 'quem me dera'certamente a vida seria tediosa!
'quem me dera' é bom!
instiga a espera_ o tempo de espera.
seja feliz !