Varal



















Ela balança,dança,
entrega-se e deixa-se levar
pelo vento
levanta... encanta...
Tão linda, tão firme com suas estampas.
num invento coreográfico, mágico,
a colcha de retalhos
deixa o vento anunciar
cada quadrado, cada retângulo
um momento, um movimento
uma história a encantar,




Paulo Francisco





3 comentários:

Paula Barros disse...

Linda colcha.
E um interessante e intrigante composição palavras x imagem. Gostei.
beijo

Rô... disse...

oi Paulo,

são os retalhos que fazem essa beleza de cores e formas tão diferentes e complementares...

beijinhos

✿ chica disse...

Maravilhosa poesia! Em cada quadrado tanta história! abração,chica