Fugitivo




Vai passar
tudo passa
 nada fica no lugar
tudo se movimenta
 o coração bate em ritmos variados
o corpo em lenta transformação responde ao tempo

Vai passar
 tudo passa
 nada permanece no mesmo ponto
é conto - nada é eterno
 nem muito alegre - nem muito triste
nem muito esperto - nem desesperado 
 nem muito agito - nem tudo calmo

Vai passar
passa o vento forte
passa a lua cheia
passa o passarinho apavorado
passa o gavião desafiando quem lhe magoou
Tudo passa até mesmo a dor

Já estou muito tempo por aqui
vou bater asas e voar
Procurar um novo canto pra morar

Tudo passa nada é pra sempre
sou forasteiro - chego e saio de repente
sou foragido ...

Eu sei...

tem recompensa a quem me pegar
tenho marca registrada
um sinal de nascença que vai me entregar

Corro de medo
 vivo a fugir
não quero ser amordaçado
atado
sequestrado
mesmo que este seja o meu fim.

Vai passar
 tudo passa
 até mesmo esta liberdade
sou vagante,
sou errante
não tenho morada fixa

Acredite!
não vou morar em teu coração

Acredite!
mesmo que seja mentira essa declaração.


Paulo Francisco

6 comentários:

Ivone disse...

Incrivelmente lindo e profundo esses versos, é mesmo assim, tudo passa, essas ideias me pegam sempre quando perco o sono, fico divagando e dizendo a mim mesma, tudo passa, o bom e o ruim, os anos, as coisas se modificando, os medos e incertezas, tudo isso nos deixa um dia e quando menos esperamos estamos sempre conosco, pois é amigo poeta, tens essa grande sensibilidade e amo quando postas e nos faz sentir com intensidade cada sentido que queiras nos passar!
Amei ler!
Deixo abraços bem apertados!

Evanir disse...

Paulo amigo Querido.
Tudo passa grande verdade.
Hoje estou aqui amigo te tanto tempo para agradecer sua confiança em minha pessoa como amiga.
E venho para dizer que seu pedido será atendido
estou levando um poema seu grande poeta ,
que sempre admirei pelo seu diferencial nos poemas ,
que todos que hoje li aqui falou alto com meu coração.
Quem é meu amigo de verdade sempre soube da minha paixão por poema ,
mas tenho um gosto refinado ,
que é um particular da minha forma de pensar e agir.
Amigo.
deixei uma postagem será postado somente quando eu voltar
por não querer dizer para todos ,
que um dia deixaram de me visitar talvez por ignorância
e vergonha de continuar me ver como ser humano por ter passado pela fatalidade da mastectomia nos dois seios.
Com p objetivo de ajudar fui contando minha vida
pessoal e tão minha.
Eu cheguei a acreditar , que fugiram com medo de ser contagiado com o viros da minha doença.
Paulo essa semana estarei fazendo a cirurgia que em 2014
deixou a pior marca do medo em minha vida.
Ore por mim se puder serei eternamente grata.
Prometo não me afastar Deus se incumbira da minha volta
sem o sofrimento que esta minha vida.
Obrigada amigo.
Deus abençoe sua semana.
Beijos.
Evanir.

Vera Lúcia disse...


Incrivelmente belo, Paulo.
Li e reli, encantada.
Até a linda imagem sugere que houve um fugitivo por ali-rsrs.
É isso mesmo, tudo passa, nada é estático ou definitivo. Mas também é certo que fugir não é antídoto contra o medo de se deixar aprisionar por um coração.

Beijo.

Hanna Xesco disse...

Vuela alto y deja que todo flluya !!!Profundo texto, besos

Tina Bau Couto disse...

Tudo passa
Algumas coisas, sentires, pessoas ficam ainda que só tenham passado
Poesia
Vida
Viagens de fora e de dentro de nós
De laços e de nós

MARILENE disse...

Tudo que passa fica (rss), influindo no pensar. E a resistência é sintoma do desejo de se entregar. Bjs.