Acalanto






Em teu colo adormeço
repouso menino
de sonhos vivos
e de belas canções
Em teu colo permaneço
pra sempre
nas cores de teu coração.
Gosto de estar quieto
de olhos fechados
ouvindo o seu corpo
conversando com o meu.

Paulo Francisco

6 comentários:

maria teresa disse...

Ah!Ah!Ah!Já somos dois e devem existir muitos mais!
Abracinho meu!

Ani Braga disse...

Bom dia Paulo querido


Lindo poema...
Pra sempre menino... Que coisa mais bonita.

Beijos
Ani

isa disse...

E há momento mais doce?
Beijo.
isa.

Malu Silva disse...

Um colinho onde se possa adormecer é sempre muito bom. Vim conhecer este varal cheio de cores...
Parabéns por mais este espaço.
Estou então a seguir este...
Abraço e lindo dia!!!

SOL da Esteva disse...

No sossego desse aconchego se desdobra o Amor e o Carinho.
Ternurento.
Lindo, meu Amigo.

Abraços


SOL

Vera Lúcia disse...

Olá Paulo,

Deliciosamente lindo!
Adorei o aconchego do poema.

Beijo.