buquê





Entre as flores amarelas
estava ela
colhendo as mais belas
do jardim.
Guardando-as com jeito num cesto
era tão claro o arranjo proposto
verde, amarelo e a palha do cesto.
Era tão clara a minha visão
o verde, o amarelo, a  palha e ela
a mais bela de todas as cores.

Paulo Francisco

7 comentários:

isa disse...

E que Poeta resistiria a um quadro assim?
Beijo.
isa.

Juliana Lira disse...

Que olhar poético para a simplicidade do dia, vendo a beleza das cores e imprimindo poesia...

www.reticenciando.com

Vera Lúcia disse...


Lindo, poeta!
Beijo.

Vivian Fernandes de Goes disse...

É uma das mais belas, com certeza!!!
Assim como sua poesia!!!!
Beijos!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Composição tão bela!
Beijos!

maria teresa disse...

E ela notando que estava a ser observada, enviou ao poeta um sorriso e um beijo!
Abrcinho meu!

MARILENE disse...

Imagem de sonhos para olhos que sabem apreciar a beleza, não só das flores ou dos gestos, mas do todo. Bjs.