Grito

Amor guardado corrói
dói
é vermelho disfarçado
é lua escondida
é nuvem condensada
é doença de morrer
é espelho sem aço
é fracasso na vida.
é câncer florada a corromper
é peito inflamado
é  alma rarefeita
é tristeza no ar
Amor guardado machuca, enruga, suga, definha, desespera, crema.
Amor guardado é segredo abafado
Então, eu me declaro: Amo você.


Paulo Francisco

8 comentários:

EvaBSanZ disse...

Um final maravilhoso.

Um abraço

Vera Lúcia disse...


Esse final foi perfeito e me fez sorrir.

Grande abraço, Paulo.

Juliana Lira disse...

Nem me fale! AMor guardado é veneno na alma,
é assalto ao ar.

Muito bonito seu poema. Senti aqui.

www.reticenciando.com

Milhões de beijos

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Doce cadência...
Grande abraço!

MARILENE disse...

A salvação está, de fato, no dizer. Se seu silêncio traz tantos desajustes e agonia, melhor que o amor seja declarado. Bjs.

Cris Campos disse...

Amor declarado é amor aumentado! Então melhor declarar... Bjo!

lis disse...

Adorei esse Paulinho rsrs
... lua escondida e vermelho disfarçado é bom demais!
e o final é o começo de tudo...

maria teresa disse...

Será que temos que aceitar o AMOR assim? Eu sei que faz doer, mesmo assim continuo a sonhar com um amor que me faça gargalhar, correr pelos campos, brincar com todas as cores, sonhar com fadas e com duendes, dançar ao som de uma música celestial...
Quero demasiado?
Abracinho meu!