passagem




Ontem a saudade chegou azul
montada na crina do vento
chegou em  movimentos
circulares
pintou e bordou por aqui.

Hoje ela passou azulada
montada na crina do tempo
Chegou e foi-se a terabytes.
Fiquei branco – limpo
lento - desconectado
a quase  ZeroBytes.

Paulo Francisco




Meu Primeiro Amor by Maria Bethania e Caetano Veloso on Grooveshark

9 comentários:

✿ chica disse...

゚・*:.。. .。.:*・゚・*:.。. .。.:*・゚・*
A saudade é danada...

Feliz Páscoa!

abraços,chica

゚・*:.。. .。.:*・゚・*:.。. .。.:*・゚・

isa disse...

E a minha "passagem" hoje é para deixar um abraço e votos de Feliz Páscoa.
Beijo.
isa.

maria teresa disse...

E eu passo para deixar um abracinho doce, com o sabor às amêndoas brancas e rosadas que vou trincando.Por muito que prometa a mim mesma que as vou chupar até chegar ao miolo, falho quase sempre:):):)

Majoli disse...

Paulo, sem demagogia, tudo que escreves é tão lindo, mágico...AMO!!

Uma Feliz Páscoa pra você.

Beijos com carinho.

marciagrega disse...

As vezes a saudade é negra e tem sabor de ácido com pimenta!

Vim te desejar uma boa Páscoa!
Bjusssssssss

lis disse...

boa noite amore

Paula Barros disse...

O poema traz uma imagem bonita.

beijo

Crista disse...

Mas bahhhhhhhhhhhhhhh...é tudo de bom!!!!

sandra mayworm disse...

Meu primeiro amor e essa saudade...
A quase a zero bites.
Bjgrande, enorme, imenso, intenso, cúmplice e amigo.