singularidade







Os poetas não gritam
Eles falam baixinho ao pé do ouvido
Os poetas amam. Simplesmente amam
 e morrem de amor a cada amor vivido
Os poetas são silenciosos - andam mansos
em calçadas serenadas e cobertas pela lua.
Eles fazem versos confessos para Rosas e Margaridas
Todos têm um jardim de cores e flores
têm os melhores sabores
têm o os melhores deleites
Os poetas são assim:
amorosos quando amam
cruéis quando esquecidos
Os poetas são humanos que voam
que guardam lembranças
Os poetas são seres que sangram
que sagram vermelho.
Se acadêmicos – geniais/se não, marginais.
Os poetas são assim: iguais a todo mundo.


Paulo Francisco




Como Dizia o Poeta by Vinicius de Morais on Grooveshark

10 comentários:

Paula Barros disse...

Perfeito o título em contraponto com o final.
São iguais e com as singularidades de sentir e pensar e viver e imaginar dos poetas.
beijo

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Paulo. Magnífica expressão do que é ser poeta. Poetas são um tanto sensíveis, detalhistas, intensos e entregues.
A humanidade está neles, bem como suas características.
São incompreendidos na maioria das vezes, mas nada que possa afetar o seu céu, seu pedaço de sonho em forma de versos.
Beijos na alma!

A Escafandrista disse...

Tão iguais e tão diferentes, tão calmos e tão intensos!!! Somos assim, os poetas.

Bandys disse...

Oi Paulo,
Só de ter a audácia de escrever sobre o poeta ja merece meus aplausos.

Adorei,
Beijos

Evanir disse...

Amigo Querido.
Seu poema é lindo !!!!
Uma pergunta poço postar no meu blog?
Diga que SIMMM.
Linda noite .
Uma semana abençoada.
Sua amiga sempre,Evanir.

Betinha Correia disse...

Boa tarde.
vim aderir ao seu espaço
e dizer.
SER POETA É SER UM "GÉNIO"
BEIJINHO AMIGO

Betinha Correia disse...

PS.
NÃO ENCONTRO COMO ADICIONAR.
PODE ME DIZER,P.F. OBRIGADA

Gracita disse...

Olá poeta!
Poetas não gritam falam com o coração e para ouvi-los temos de estar com o coração transbordando amor. Lindoooo
Uma bela semana pra você
Beijos
Gracita

Vera Lúcia disse...


Olá Paulo,

Os poetas são intensos e emocionais e somente se comunicam com quem tem alma similar.
São iguais a todo mundo, sim, mas essencialmente diferentes.

Beijo.

Hanna Xesco disse...

Los poetas son quienes nos emocionan con sus letras, como vos. Muy bonito besos